Colunistas

Motociclismo e saúde

Dicas Sobre Alimentação em Viagens.


12/08/2014 09h08

Sempre que viajamos, estamos sujeitos a alterações do hábito alimentar, seja por estarmos em regiões de costumes culinários diferentes, por mudança de fusos horários ou mesmo por apenas não respeitarmos as horas certas para alimentar durante férias e feriados.

Adicione a isso tudo, os locais com alimentos preparados ou conservados de maneira inadequada, e o aparelho digestivo começa a andar na contra mão.

Algumas vezes, o máximo que ocorre é uma diarréia já chamada mesmo pela literatura médica, de diarréia do viajante, que na maioria das vezes tem boa resolução. Mas uma infecção intestinal ou intoxicação alimentar podem provocar resultados graves, inclusive com risco de óbito.

Durante o trajeto na estrada, nós motociclistas paramos mais vezes, até mesmo pela necessidade de abastecimentos mais freqüentes em comparação com os carros. E nestas paradas, sempre rola de “beliscar” uma coisinha que pode estar sobrevivendo ali na vitrine há dias.

Ao parar em restaurantes ou lanchonetes na estrada, observe a higiene local, vestuário e cuidados dos funcionários na manipulação dos alimentos, de dinheiro, produtos de limpeza, etc. Todos nós já fomos atendidos por um funcionário que estavam varrendo ou passando pano, e rapidamente molhou as mãos na torneira, secou na própria roupa e nos serviu um salgado.

Nos eventos de motociclismo, sempre presenciamos barracas de alimentos sem nenhuma higiene ou conservação adequada dos alimentos.

Uma alteração intestinal mais séria em cima de uma moto, é bem mais desagradável que sentado num carro. Já imaginou vomitar dentro do capacete? Sem comentários...

Algumas dicas ajudam a viagem acontecer sem imprevistos diarréicos de última hora.

- Procure sempre beber água mineral ou refrigerante ao invés de sucos, verificando a data de validade e o lacre das garrafas.

- Evite comer em barracas na rua, principalmente com comidas expostas ao tempo.

- Evite saladas com maioneses e pratos com molhos. No calor deterioram mais rápido.

- Nas viagens longas, leve garrafas de água mineral ou “Gatorade” na bagagem. Barras de cereal também “abastecem” o motociclista e garupa de forma nutritiva e segura.

- Frutas também são ótimas opções para a viagem, desde que não estejam muito maduras.

- Evite refeições pesadas, volumosas e gordurosas nas paradas. Alimentos com digestão difícil e trabalhosa contribuem para provocar sono e lentidão dos reflexos.

- No hotéis, tome um café da manhã reforçado. Isso evita que logo em seguida esteja procurando alimentos na rua durante os passeios.

- Compre frutas e biscoitos e leve para o hotel. Isso irá reduzir o anseio por aquele x-tudo no meio da madrugada.

Como dizem, a saúde começa pela boca. Ou melhor ainda: você é aquilo que você come.

Boa viagem.

Rodrigo Cavalganti Gonçalves
16 textos publicados

Rodriguim - Motociclista, Pediatra e ex atuante como Perito em Medicina de Tráfego. email: rodriggocg@gmail.com / blog: www.tijucomental.blogspot.com

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.2882 segundos