Colunistas

Motociclismo e Saude

Primeiras atitudes em acidentes.


14/10/2013 18h49

Em caso de acidentes...

hoje em dia não é raro estarmos viajando ou passeando e depararmos com acidentes de trânsito.

Mesmo sem ter experiência ou não ser profissional da área de saúde ou de resgate, há atitudes que podem ajudar as vítimas e evitar que novos acidentes aconteçam naquela área.

1- Comunique com o serviço de socorro pelo telefone 193 do Corpo de Bombeiros e com a Polícia Rodoviária pelo telefone 191.

Enquanto aguarda a chegada da equipe de socorro você pode tomar algumas providências.

2- Estacione o seu carro numa posição segura e fora da estrada. Ele também pode ser usado como escudo para te proteger e proteger o carro acidentado em caso de atuação sobre as vítimas.

3- Procure sinalizar o local com o triângulo de sinalização do veículo ou ramos de árvores.

A primeira preocupação é com a segurança de quem presta socorro. Primeiro você. Depois as vítimas. Não se arrisque se a situação não for favorável. Daí aguarde a chegada das equipes de resgate.

4- Procure manter a calma e acalmar os acidentados, principalmente os que estiverem presos nas ferragens ou com impossibilidade de locomoção e remoção dos veículos por grandes feridas ou dor intensa.

5- Faça uma avaliação rápida da cena e verifique se os carros envolvidos estão estáveis. Cuidado com carros em beira de barrancos. Procure desligar o carro, puxar o freio de mão e engatar uma marcha forte (primeira ou ré). Se for necessário, calce o carro com uma pedra.

6- Avalie se os veículos envolvidos transportam produtos que tenham risco de queimadura ou incêndio. Verifique se há vazamentos de gasolina. Se for possível, desligue os cabos da bateria. Em casos de faíscas ou início de incêndio use logo o extintor dirigindo o jato sempre para a base do fogo.

7- Procure avaliar as pessoas que tem condições de ajudar e incentive os curiosos a seguirem viagem. Quanto menos pessoas paradas no local menor o risco de novos acidentes.

8- Cuidado com outros motoristas. Eles passam olhando o acidente e não para onde estão dirigindo.

9- Procure sempre reavaliar a cena e não descuide da segurança.

10- Enfim, se você tiver treinamento em resgate ou souber como agir nesses casos procure atuar de modo a favorecer as vítimas até a chegada do resgate.

Rodrigo Cavalganti Gonçalves
16 textos publicados

Rodriguim - Motociclista, Pediatra e ex atuante como Perito em Medicina de Tráfego. email: rodriggocg@gmail.com / blog: www.tijucomental.blogspot.com

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.08442 segundos