Notícias

BMW lança mais duas versões para a cruiser R 18

A B é uma bagger com estilo mais jovial para trajetos curtos e a Transcontinental, uma configuração mais completa para uso em viagens longas


Roberto Dutra

Mototour

04/08/2021 17h46

A BMW lançou duas novas versões da cruiser R 18: a R 18 B e a R 18 Transcontinental. A primeira é uma bagger de aspecto mais despojado e jovial, teoricamente voltada para trajetos mais curtos. A segunda, uma touring completíssima feira para viagens longas.

As duas têm endereço certo: o mercado americano, o principal no mundo para esse tipo de moto. Lá, vão brigar com as Harley-Davidson Ultra Limited e Street Glide, as Indian Chieftain e Roadmaster e a Honda GL 1.800 Gold Wing, entre outras.

Mesmo diferentes, as duas têm muito recheio. A Transcontinental vem de fábrica com carenagem dianteira e para-brisa alto, defletores de vento, flaps laterais, faróis auxiliares, som da grife Marshall, barras protetoras de motor, baús laterais para 27 litros cada, top case traseiro com encosto tipo poltrona para garupa e capacidade para 48 litros, pedaleiras plataforma e aquecimento de bancos e punhos, entre outros itens. O motor é pintado na cor cinza clara e tem detalhes cromados - o mesmo acabamento aplicado nas bengalas da suspensão dianteira e nas rodas de liga leve.

Já a bagger R 18 B tem carenagem igual, mas recebe para-brisa mais baixo, banco com desenho tipo badlander e baús laterais. Aquecidos, só os punhos. Motor, cabeçotes, bengalas e rodas são pintados na cor preta.

Nas duas o painel tem quatro relógios analógicos e uma telona de TFT de 10,2 polegadas, que exibe desde mapas de navegação de GPS até informações da conectividade que pode ser feita por pareamento com o smartphone do condutor.

Ambas também compartilham chassi, iluminação full-LED, tanque para 24 litros de combustível e motor. Este é o "big boxer", apelido dado por ser o dois cilindros contrapostos mais potente já feito pela BMW. Tem 1.802cm³ de capacidade cúbica e rende 91cv de potência a 4.750rpm e torque de 16,1kgfm a 3.000rpm.

O câmbio tem seis marchas e a secundária é feita por eixo cardã, apoiado em balança dupla convencional. A suspensão traseira é monochoque com ajuste automático de altura em função da carga e os freios, a disco duplo na frente e simples atrás, com ABS.

As duas ainda trazem mimos como controle automático de velocidade de dois modos: o normal, que mantém a mesma aceleração em quaisquer circunstâncias, e o Active, que acelera e desacelera de acordo com obstáculos identificados por sensores instalados na carenagem dianteira, que funcionam como radares.

Além disso, há outros assistentes à pilotagem, como três modos de condução (batizados de rain, rock e roll!), controles de tração e de estabilidade, assistente de partida em rampas e marcha a ré elétrica.

Confira abaixo mais fotos das duas novas versões da R 18:

Notícias relacionadas

Speed Triple 1.200 RR, o novo foguete da Triumph

Honda lança no Brasil a nova geração da superbike Fireblade

Linha 2022 da G 310 R já está nas lojas

Enduro da Independência terá chegada na cidade de Socorro (SP) neste 7 de setembro

Triumph Tiger 1.200: nova geração está na boca do forno

Royal Enfield lança a nova geração da Classic 350 na Índia. Será que ela vem para o Brasil?

Essas mulheres corajosas e suas máquinas maravilhosas

Honda terá crossover derivada da Africa Twin

Triumph anuncia uma nova moto: é a Tiger Sport 660

Honda lança na Índia a CB 200 X, uma crossover que seria bem-vinda no Brasil

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados