Notícias

Cidade de Socorro, no interior de São Paulo, amplia os negócios do setor de mototurismo

A "cidade aventura" oferece variedade de opções de lazer, hospedagem e gastronomia. E vai ganhar o Centro Cultural Movimento, destinado às duas rodas


Mototour

Assessoria de Imprensa

26/07/2021 17h55

Eles chegaram tímidos, ainda sem saber ao certo o que encontrariam na Estância Hidromineral de Socorro - cidade turística localizada no Circuito das Águas Paulista e referência em aventura e ecoturismo. Em 2019, com a criação do projeto “Socorro, Destino Duas Rodas”, uma série de ações e eventos fez o município ficar no radar dos motociclistas.

Em janeiro do ano seguinte, a “Exposição Duas Rodas e Uma Nação” superou as expectativas de público – com 8.500 visitantes, de 171 cidades e 15 estados - e deu um upgrade neste cenário: grupos de motociclistas passaram a a chegar todos os dias para passear e aproveitar o lazer e hospitalidade a cidade.

De lá para cá, o trade turístico tem se mobilizado, criado oportunidades, analisado o setor e buscado adaptações para atendê-los de forma adequada. E tem dado certo: Socorro entrou definitivamente no roteiro dos motociclistas.

- Temos potencial para recebê-los e os estabelecimentos estão despertando e entendendo a importância de olhar para este público com mais atenção, observando as necessidades e peculiaridades para que a experiência deles seja inesquecível - diz Ana Monteiro, Secretária de Turismo de Socorro.

Localizada na Serra da Mantiqueira e com lindas paisagens, muita natureza e montanhas, Socorro tem 449,2 Km² (fonte: IBGE) e diversão para famílias, grupos de amigos ou casais, inclusive no inverno. A cidade oferece inúmeras atividades de aventura, ecoturismo e turismo rural, diversas opções de hospedagens, gastronomia com influências da colonização italiana da região e do Sul do estado de Minas Gerais e compras em lojas de fábrica de malharias. Tudo em um só destino!

Os atrativos vão desde boas estradas, belas paisagens e aventura até muita tranquilidade. Vai depender da “vibe” do motociclista.

Para as refeições, a cidade tem opções ao ar livre, incluindo os pesqueiros; locais para petiscar, para tomar um bom café ou saborear uma deliciosa guloseima. O bar temático, com muito rock'n'roll, faz os motociclistas se sentirem em casa. Tem até café caipira, no melhor da comida rural, onde os grupos ganham descontos.

Para quem vai curtir além do bate-e-volta, existem diferentes hospedagens em hotéis, hotéis-fazenda, pousadas, hostels e campings.

Alguns pontos contam um pouco da história e dos costumes, como a Igreja Matriz, concluída em 1924; a Maria Fumaça 208; o Horto Municipal e o Museu Municipal, abrigado no primeiro sobrado da cidade e finalizado em 1881 - e valem o passeio. Os mirantes, localizados no topo de montanhas, permitem a apreciação panorâmica da cidade e das paisagens. Se a ideia é ir às compras, a dica é o variado comércio de malhas, a preço de fábrica.

Não à toa, Socorro é conhecida como “cidade aventura”. São mais de 20 atividades de aventura na terra, ar e água, como rafting, boia cross, passeios a cavalo e de quadriciclo, rapel de até 98 metros, trekkings em cachoeiras, exploração de cavernas, pesca esportiva, voo livre e tirolesa.

Estruturado para o bem-estar do visitante, o município é dividido em caminhos turísticos e bem sinalizado: tem placas que indicam como chegar aos principais pontos e atrações, além de pousadas e hotéis-fazenda.

Inauguração do Centro Cultural Movimento

Socorro caminha para mais um importante passo no mundo duas rodas: abrigará o Centro Cultural Movimento, com relíquias que contam a história da motocicleta e da bicicleta no Brasil. Amostra terá um dos maiores acervos de motos do país. A inauguração do Centro Cultural está prevista para a primeira quinzena de agosto.

Em exposição estarão roupas de pilotos, troféus e documentos originais, que são uma verdadeira viagem ao tempo e fazem brilhar os olhos e bater mais forte o coração do motociclista. Entre as raridades – que mantém vivas as memórias - o público poderá conferir de perto uma alusiva a Alexandre Barros, com 21 anos de campeonatos mundiais: uma réplica da primeira mobilete que o piloto ganhou, aos 7 anos. Outra raridade é uma Triumph, de 1915, com câmbio manual de três marchas.

Com curadoria de Carlãozinho Coachman – o espaço ganhou um charme especial por estar instalado dentro do prédio tombado da antiga rodoviária de Socorro, um imóvel histórico. Concluído em 1909, tem estilo ferroviário inglês, em alvenaria de tijolos, foi construído pela Companhia Ferroviária Mogiana e inaugurada pelo Presidente do Estado, Sr. Manuel Joaquim de Albuquerque Lins.

Notícias relacionadas

Speed Triple 1.200 RR, o novo foguete da Triumph

Honda lança no Brasil a nova geração da superbike Fireblade

Linha 2022 da G 310 R já está nas lojas

Enduro da Independência terá chegada na cidade de Socorro (SP) neste 7 de setembro

Triumph Tiger 1.200: nova geração está na boca do forno

Royal Enfield lança a nova geração da Classic 350 na Índia. Será que ela vem para o Brasil?

Essas mulheres corajosas e suas máquinas maravilhosas

Honda terá crossover derivada da Africa Twin

Triumph anuncia uma nova moto: é a Tiger Sport 660

Honda lança na Índia a CB 200 X, uma crossover que seria bem-vinda no Brasil

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados