Notícias

Honda apresenta a sport-touring NT 1.100

Modelo é derivado da big trail CRF 1.100L Africa Twin, mas tem proposta e algumas características diferentes


Roberto Dutra

Mototour

29/10/2021 17h44

Depois de muito suspense, a Honda finalmente apresentou ao mundo a NT 1.100. Trata-se de uma sport-touring derivada da big trail CRF 1.100L Africa Twin, com a qual compartilha chassi e boa parte da mecânica - incluindo motor e câmbio.

Apesar de compartilhar o motor, câmbio e mais alguns componentes com a big trail, a nova moto da Honda é única. Ela chega ao mercado internacional no primeiro trimestre de 2022, com versões partindo de 14 mil euros (cerca de R$ 91 mil) e prometendo muito conforto e tecnologia.

É a primeira moto da Honda no segmento desde o fim da VFR 1.200F, que inclusive chegou a ser vendida no Brasil e foi a pioneira, por aqui, no uso do câmbio automatizado com dupla emnbreagem

Porém, ao contrário da VFR, que era uma ST com pegada esportiva, a NT 1.100 aposta em conforto e segurança para longas viagens. Por isso, tem recursos como para-brisa com cinco regulagens de altura, bancos bem amplos para piloto e garupa e controle automátio de velocidade, entre vários outros recursos. E também um bom tanque para 20 litros, que promete uma autonomia próxima a 400 quilômetros.

E também tem certos requintes: as suspensões são da japonesa Showa na frente e atrás e o painel é uma tela de TFT com 6,5 polegadas que permite espelhamento com o smartphone do piloto via Apple Car Play e Android Auto. Ali também é possível ver o modo de pilotagem escohido - são três fixos e dois personalizáveis.

As rodas são de liga leve e os pneus, voltados para o asfalto e nas medidas 120/70 R17 na frente e 180/55 R17 atrás. Os freios têm disco duplo na frente e simples atrás, com ABS atuante em curvas.

Vale dizer que suspensões, ângulos e rodas não são os mesmos da Africa Twin. Mas o chassi é praticamente o mesmo, ao passo que o motor é exatamente igualao da big trail: o conhecido bicilíndrico de 1.084cm³, refrigerado a água, que rende 102 cv de potência e 10,7 kgf.m de torque. A transmissão pode ser convencional de seis marchas ou automatizada com dupla embreagem, a chamada DCT que já conhecemos. E enquanto A big trail pesa 206 quilos com câmbio manual e 216 com o DCT, e a nova touring NT 1.100 pesa entre 238 kg e 248 kg, respectivamemnte.

As vendas nos principais mercados do mundo devem começar somente em janeiro do ano que vem e não há previsão de chegada ao Brasil - onde certamente teria lugar, mas custaria caro. Na Europa, ela vai custar, em média, entre 14 mil e 15 mil Euros, ou cerca de R$ 93 mil a R$ 98 mil em conversão direta.

Em 2017, a Honda descontinuou a VFR1200F por conta de regras de emissões cada vez mais rígidas. Desde então, a categoria touring da marca consistia apena na Gold Wing e na extinta família CTX. Agora, após vários anos de desenvolvimento e ​​meses de rumores, a NT 1100 está aqui para reviver o segmento de turismo esportivo da Honda.

Como se suspeitava, o novo modelo aproveita a estrutura de berço semi-duplo da nova geração da Africa Twin, assim como o subconjunto de alumínio. O motor também é o mesmo. Trata-se de um dois cilindros paralelos de 1.084 cm³. Nessa nova Honda NT 1100, ele produz 101 cv de potência e 10,6 kgfm de torque.

Porém, a Honda ajustou a admissão e o escape para uma resposta mais suave. Por outro lado, o acelerador eletrônico permite que o usuário ajuste a entrega de potência com os modos Urban, Tour, Rain e outros dois customizáveis.

Para adequar a NT 1100 aos múltiplos usos de uma sport-tourer, a Honda equipou a moto com suspensões Showa de longo curso (150 mm), sendo a dianteira com garfo invertido e a traseira monobraço. Ao contrário da África Twin que tem rodas raiadas, a NT 1100 possui rodas de liga leve de 17 polegadas na frente e atrás, mais adequadas para o asfalto.

Os pneus têm 120 mm de largura na dianteira e 180 mm na traseira. Para parar a moto, são usados discos de freio duplos na dianteira 310 mm de diâmetro e único na traseira de 256 mm. Para ajudar na segurança, a Honda NT 1100 2022 traz de série controle de tração ajustável em três níveis, controle de empinada e ajuste de elementos como entrega de potência e força do freio motor.

A nova sport-tourer também troca as linhas agressivas da aventureira em que se baseia por um estilo mais elegante e com aerodinâmica projetada para melhorar o conforto do piloto. A NT 1100 tem um para-brisa ajustável e defletores laterais. A novidade da Honda conta com punhos aquecidos, controle de cruzeiro e bauletos que, somados, oferecem 65 litros de armazenamento. O painel de instrumentos digital é sensível ao toque e tem tela TFT de 5 polegadas, o mesmo da Africa Twin. Assim como a aventureira, a novidade vem equipada com Apple CarPlay, Android Auto e conectividade via Bluetooth.

Da mesma forma que a Africa Twin, a Honda NT 1100 pode ser equipada com um câmbio mecânico de 6 marchas ou o DCT, de dupla embreagem, com o mesmo número de relação. Os preços anunciados na Inglaterra partem de 11.999 libras esterlinas, ou cerca de R$ 93.732. Ainda não há previsão para sua chegada ao Brasil.

Notícias relacionadas

Nova Yamaha TMAX 2022 foi lançada

Yamaha MT-10 2022: mais forte e mais poderosa

Royal Enfield Himalayan vai passear no Polo Sul

Brasileiros poderão usar documentos digitais de trânsito ao visitar Argentina e Paraguai

Quando a leitura te leva a viajar de moto

Ducati lança a arrebatadora Streetfighter V4 S no Brasil

Honda começa a vender a XRE 190 linha 2022

Linha 2022 das Royal Enfield "twins" já está no Brasil

Nova Suzuki V-Strom 1.050 XT é lançada no Brasil

Triumph apresenta a nova Tiger Sport 660

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados