Notícias

A inusitada Svartpilen 401 na pista: ágil e divertida (Foto: Roberto Dutra)

Husqvarna ganha concessionária exclusiva no Brasil

Primeira fora da Europa, loja fica em São Paulo e vende inclusive modelos urbanos


Roberto Dutra

14/01/2020 16h25

Boa notícia para quem curte motos diferentes, de alta qualidade e está com o bolso forrado. Os modelos da fabricante sueca Husqvarna começam ser vendidas em uma concessionária exclusiva, recém-inaugurada, em São Paulo.

A concessionária Power Husqy é um empreendimento da 2W & Fernandes Group, empresa que já vinha fazendo a importação de alguns modelos Husqvarna desde 2015 e que também é dona da bem-sucedida autorizada Royal Enfield em São Paulo. Fica no bairro de Moema, na capital paulista, e venderá modelos de rua e off-road. Tem pompa e circunstância: é a primeira loja exclusiva da Husqvarna fora da Europa.

De início, serão vendidos os modelos street Vitpilen 701 e Svartpilen 401, a motard 701 Supermoto e a 701 Enduro, e as off-road TE 150, TX 300, FE 250, FE 350, FE 450 e FE 501. A linha é complementada pelos modelos motocross TC 65, TC 85, FC 250, FC 350 e FC 450.

Volta rápida

As linhas off-road e motocross da Husqvarna são bem conhecidas no Brasil, mas as street nem tanto. Tive a oportunidade de andar em uma dessas motos, a Svartpilen 401, durante as avaliações do Concurso Moto do Ano, em 2018, e foi uma surpresa: é estilosa, ágil e arisca. Só peca pelo relativo desconforto em trajetos longos - o que não chega a ser um problemão, visto ser indicada para uso urbano, em tiros curtos, mesmo.

Essa Svartpilen 401 tem motor monocilíndrico, injetado e refrigerado a água, com 373 cm³ e bons 44cv. O visual é bonito e inusitado - remete ao das scramblers -, com garfos invertidos na frente, farol com LED e rabeta curtinha. O problema aí é o preço: R$ 50 mil. A irmã maior Vitpilen 701 usa um motor também mono e a água, mas com 692 cm³ e 75 cv de potência. Tem modernidades como acelerador eletrônico, controle de tração, suspensões WP, embreagem deslizante quickshifter para cima e para baixo e câmbio de seis marchas. O preço sobe proporcionalmente: R$ 80 mil. São caras, mas para quem quer algo bom e diferente, tem bala na agulha - e está em São Paulo, principalmente -, valem cada centavo.

Notícias relacionadas

O sino guardião

Perspectivas otimistas

Vai cadastrar seu encontro ou evento aqui no site? Leia estas informações antes!

E surge a nova Ducati Scrambler!

Dos monocilíndricos aos enormes V2

Notícia boa pro seu bolso!

A Cagiva vai voltar...

Adeus ao 'quinhentão'

Convocação extraordinária!

Um chinês sem contra-indicações

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.08711 segundos