Notícias

A GSX-R 125: qual garoto não gostaria de acelerar esse brinquedo? (Foto: Divulgação)

Mais uma da série "motos que gostaríamos de ter por aqui"...

Suzuki vende, só no Japão, a esportivinha GSX-R 125. E lá ainda existe uma linda versão naked


Roberto Dutra

Mototour

28/05/2020 14h19

Sabe aquelas motos que gostaríamos de ter aqui no Brasil, mas que provavelmente nunca veremos em nossas ruas? Vamos falar de mais uma: é a GSX-R 125, que a Suzuki lançou somente no mercado japonês há cerca de um ano. É uma moto de baixa cilindrada, sim, mas com todo o charme e visual agressivo de sua irmã maior GSXR-R 1.000R.

O motor é monocilíndrico de 124cm³, injetado e com refrigeração líquida. Rende 15cv de potência a 10.000rpm e 1,2kgm de torque a 8.000rpm. O câmbio tem seis marchas e a motoquinha pesa 134kg.

A esportivinha tem farol de LED e painel completinho e digital, chassi de aço e suspensões convencionais (garfos na frente e monochoque atrás), freios a disco com ABS nas duas rodas - ambas com aros de 17 polegadas - e pneus de 90m na dianteira e de 130mm na traseira.

O caro leitor pode se perguntar porque ter uma esportiva de tão baixa cilindrada. E que, em países como o Japão, esse tipo de moto atende a uma legislação específica que permite a jovens a partir de 16 anos pilotar motos com tamanho de motor e potência limitadas - e essa perereca se encaixa nessa categoria.

Ao mesmo tempo, vale lembrar, há um aspecto cultural: lá o aprendizado é extremamente valorizado e os futuros pilotos de motos grandes entendem que têm que começar por baixo. É bem diferente do que vemos em um certo certo país tropical, onde se obtém a habilitação para motos depois de uma provinha difícil, mas limitada, e o camarada já pode sair pilotando qualquer moto, não importam tamanho e potência.

Gostou da esportivinha? Então vá até o final do texto e veja a foto da versão naked, ou street, que lhe deu origem. Não é outra motoquinha que teria tudo a ver com o mercado brasileiro?

Notícias relacionadas

Agora é oficial: as Sportster sairão mesmo de linha no Brasil

Com a produção retomada em Manaus, Honda relança a linha 650

Os bons tempos voltaram! Vamos acelerar forte outra vez!

Toda nudez será recompensada

Ducati Multistrada V4 1.100 é flagrada em testes sem camuflagens

Motos da BMW terão controle de velocidade adaptativo

CRLV digital já pode ser baixado em todo o Brasil

Rumores indicam que Harley-Davidson deixará de vender a Sportster no Brasil

Triumph Rocket III 2020 começa a chegar às concessionárias brasileiras

Recall: Kawasaki convoca as Ninja ZX-10R e ZX-10R SE para conserto nas autorizadas

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.093 segundos