Notícias

Nova Suzuki V-Strom 1.050 XT é lançada no Brasil

Versão atualizada tem motor aprimorado e visual que remete ao das DR 650 e DR 800 dos anos 80. Preço sugerido é de R$ 84.900


Roberto Dutra

Mototour

06/10/2021 14h16

A versão atualizada da V-Strom já está entre nós. A Suzuki apresentou a moto na manhã de hoje, em uma live em seu canal no youtube, e a previsão é que ela esteja nas lojas já na segunda quinzena deste mês. A moto chega em uma única versão, com preço sugerido de R$ 84.900. Ainda não é uma nova geração, mas recebeu bons aprimoramentos.

Segundo a Suzuki, pelo menos 450 componentes foram modificados. A parte mais visível, claro, é o design. Sai o aspecto polêmico de antes, com jeito "bicudo" e farol em formato de losango, e surge um "look" mais conservador e elegante, com linhas mais retas e frente e farol quadrados (lâmpada ainda halógena, mas lanterna e piscas são com LEDs). Tudo inspirado no visual das antigas DR 650 e DR 800 dos anos 90, mas principalmente na DR 750 de 1988 - que nunca foi vendida no Brasil.

O motor é o mesmo de antes, porém adequado à legislação de emissões Euro 5. O V2 de 1.037cm³ agora gera 107cv de potência a 8.500 rpm e 10,5 kgfm de torque a 6.000 rpm. Antes, com a mesma capacidade cúbica mas sem as alterações - e com a moto chamada apenas de V-Strom 1.000 - rendia 101cv a 8.000rpm e os mesmos 10,5kgfm, mas a 4.000rpm. O câmbio mantém seis marchas e a transmissão secundária continua por corrente, mas a embreagem passa a ser assistida.

A moto também ganhou mais eletrônica: agora tem três modos de pilotagem, acelerador eletrônico, controle de tração com três níveis de ajuste, ABS com duas regulagens, auxilio a partida em rampas e controle automático de velocidade de cruzeiro. O painel também mudou: sai o velho conjunto com relógio analógico e telinha de LCD e entra um novíssimo com telona de LCD colorida, bem completo. A moto ainda recebeu pequenos mimos, como tomada USB dentro da carenagem e outra 12V sob o banco do garupa e ajuste de altura no para-brisa.

A suspensão dianteira é Kayaba ajustável e a traseira, monochoque com ajuste na pré-carga. Já as rodas raiadas e de alumínio são fornecidas pela DID e os pneus vêm da Bridgestone, modelo Battlax Adventure A41 - nas medidas 110/80 R19 na frente e 150/70 R17 atrás. A V-Strom ainda tem 2,26m de comprimento, 1,55m de entre-eixos, vão livre de 16cm e 247 quilos de peso. O banco não é para baixinhos: está a 85cm do solo.

Notícias relacionadas

Ducati lança a arrebatadora Streetfighter V4 S no Brasil

Honda começa a vender a XRE 190 linha 2022

Linha 2022 das Royal Enfield "twins" já está no Brasil

Triumph apresenta a nova Tiger Sport 660

Ducati Multistrada 950 vira Multistrada V2

Conheça a Desert X, a próxima trail Ducati de média cilindrada

Suzuki lança, na Europa, a GSX-S 1.000 GT

Triumph lança Tiger 900 "Bond Edition"

Argentina anuncia reabertura de fronteiras

Haojue exibe a TR 300 na China

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados