Notícias

Queima eficiente

Resolução da ANP vai melhorar a qualidade da gasolina vendida no Brasil


Roberto Dutra

17/01/2020 14h53

Essa interessa a quem tem moto - e qualquer veículo movido a gasolina no Brasil. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou uma resolução que pretende melhorar a qualidade da gasolina vendida no país.

A revisão das especificações atinge basicamente três pontos: massa específica, que é relativa a energia e consumo, parâmetros de destilação, que diz respeito a desempenho e aquecimento do motor, além de dirigibilidade.

Na vida real tudo isso quer dizer uma gasolina mais eficiente, que produz mais energia e, ao mesmo tempo, reduz o consumo: quando ela queima melhor, o veículo precisa de menos combustível para rodar.

A resolução (que substituiu a antiga nº 40, de 2013) também vai abordar a octanagem RON, estabelecendo novos limites mínimos - antes apenas a octanagem MON era definida. Mas o que é isso? As siglas aludem a dois métodos diferentes para medir o número de octanas de um combustível usado em motores quatro tempos, ciclo Otto.

O primeiro é sigla para Research Octane Number, que aborda a resistência do combustível à detonação em um motor padrão, em giros baixos; e o outro, para Motor Octane Number, que verifica essa mesma resistência em giros elevados. Por fim, as mudanças - que entram em vigor assim que forem publicadas no Diário Oficial da União (DOU) - vão adequar os combustíveis às próximas fases do Programa de Controle de Poluição por Veículos Automotores (Proconve). A fase L7 entra em vigor em 2022.

Notícias relacionadas

O sino guardião

Perspectivas otimistas

Vai cadastrar seu encontro ou evento aqui no site? Leia estas informações antes!

E surge a nova Ducati Scrambler!

Dos monocilíndricos aos enormes V2

Notícia boa pro seu bolso!

A Cagiva vai voltar...

Adeus ao 'quinhentão'

Convocação extraordinária!

Um chinês sem contra-indicações

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.07749 segundos