Notícias

Suzuki lança, na Europa, a GSX-S 1.000 GT

Entre esportiva e custom, vá de sport-touring! Conheça o novo modelo, que tem desempenho forte e alto nível de conforto, e chega ao Brasil em 2022


Roberto Dutra

Mototour

27/09/2021 17h02

A Suzuki apresentou, na Europa, sua mais nova sport-touring: a GSX-S 1.000 GT. O novo modelo é baseado na naked GSX-S 1.000, mas com pegada de "esportiva-turismo". E o que isso quer dizer? Quer dizer que essa moto mistura desempenho de superbike com um nível de conforto bem superior, e se propõe a ser bem adequada (ou até mais) a viagens longas dos que as custom.

Afinal, as esportivas andam forte, mas têm posição de pilotagem cansativa - para garupas, então,são um sacrifício. Já as custom sao mais confortáveis, mas exigem aquela pilotagem mais tranquila, sem fortes emoções. Uma sport-touring o que há de bom nas duas: desempenho e conforto.

A GSX-S 1.000 GT, cuja sigla significa Gran Turismo, tem motor de quatro cilindros em linha e 999cm³, que rende 152cv de potência máxima a 11.000rpm e torque de 10,8kgf.m a 9.250rpm. E oferece comodidades como bancos largos., posição de pilotagem e de garupa com as costas retas, carenagem completa (frontal e laterais), um bom para-brisa e baús laterais para levar bagagens.

A visa dos viajantes ainda é facilitada por outros mimos, como controle de tração com cinco ajustes, ABS com atuação em curvas, acelerador eletrônico, quickshifter bidirecional e embreagem assistida e deslizante. Além disso, a moto tem três modos de pilotagem - o mais forte "ativo", o intermediário "básico" e mais dócil "conforto".

A iluminação é full-LED e, à frente do piloto, o painel é uma tela de TFT colorida de 6,5 polegadas cheio de informações e com conexão via Bluetooth para chamadas, músicas e navegação GPS através do smartphone do piloto.

O tanque pega 19 litros de combustível, o que garante uma boa autonomia. Outras características bacanas são a suspensão dianteira invertida Kayaba, os freios Brembo e os pneus Dunlop Sportmax Roadsport2 de alto desempenho.

Por fim, o design é agressivo e futurista: a mot rem cara robótica, com dois pequenos faróis separados por uma entrada de ar, duas linhas de LED logo acima na função de luzes de rodagem diurna, (DRLs), cortes retos e angulosos, "asinhas aerodinâmicas" nas laterais, piscas discretos e traseira sóbria e elegante.

A Suzuki GSX-S 1.000 GT chegará às lojas europeias em novembro com preço equivalente a cerca de R$ 83 mil. Não há previsão de chegada por aqui, mas a Suzuki brasileira já antecipou que a nova GT será vendida no país - então, podemos esperar algo em torno de R$ 100 mil, pelo menos.

Notícias relacionadas

Ducati lança a arrebatadora Streetfighter V4 S no Brasil

Honda começa a vender a XRE 190 linha 2022

Linha 2022 das Royal Enfield "twins" já está no Brasil

Nova Suzuki V-Strom 1.050 XT é lançada no Brasil

Triumph apresenta a nova Tiger Sport 660

Ducati Multistrada 950 vira Multistrada V2

Conheça a Desert X, a próxima trail Ducati de média cilindrada

Triumph lança Tiger 900 "Bond Edition"

Argentina anuncia reabertura de fronteiras

Haojue exibe a TR 300 na China

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados