Notícias

Obra de arte sobre duas rodas: a nova Rocket faz a antecessora parecer coisa do século passado (Foto: Divulgação)

Triumph Rocket III 2020 começa a chegar às concessionárias brasileiras

É a moto dos números superlativos: tem 291kg de peso, motor de 2.500cm³ com 167cv de potência e custa R$ 90 mil


Roberto Dutra

Mototour

29/06/2020 16h55

A Triumph ainda não avisou oficialmente, mas as primeiras unidades da enorme Rocket III já estão chegando às concessionárias brasileiras. A moto foi lançada nba Europa em julho do ano passado e exibida com pompa e circunstância no Salão Duas Rodas de São Paulo, também em 2019 - e na época não havia previsão certa nem para a chegada da moto do Brasil e nem de preço. Pois bem: essas primeiras unidades já estão vendidas para aqueles que pagaram um sinal ainda no ano passado e chegaram por R$ 86 mil. O próximo lote chega em julho e deverá custar R$ 90 mil. Por enquanto só virá a versão standard "R" - a GT, que tem visual ainda mais agressivo e alguns acessórios extras, continua sem previsão.

É caro? É. Mas, estamos falando de uma verdadeira obra de arte sobre duas rodas, que deixa a geração anterior - que já era coisa de outra planeta - parecendo uma moto do século passado. Essa nova Rocket tem o maior motor de moto de produção do mundo: são 2.500cm³ distribuídos por três enormes cilindros, que entregam nada menos do que 167cv de potência máxima a 6.000rpm e o absurdo torque de 23kgfm a 4.000rpm. Além da extensa faixa útil de uso (4.000-6.000rpm), vai aqui uma comparação para o caro leitor que não se dá muito bem com números aletórios: a potência e o torque são superiores aos de um Honda Civic EXL 2.0 automático 2020. E tudo isso empurra uma moto com 291kg de peso seco (é 40kg mais leve que a antecessora!). O consumo médio estimado é de 14,7km/l e o tanque leva 18 litros, o que dá uma autonomia estimada em 264 quilômetros.

A Rocket III tem acelerador eletrônico, iluminação full-LED, escape 3x1, transmissão secundária por eixo cardã, câmbio de seis marchas, pneus 150/80 R16 na frente e 240/50 R16 atrás, suspensões Showa (com ajustes na compressão e no retorno na frente, e regulagem hidráulica remota por torneirinha atrás), controle de tração e ABS atuante em curvas. O painel é uma tela de TFT com todas as informações necessárias e mais os ajustes dos quatro modos de pilotagem e conectividade por Bluetooth. É desfile garantido em qualquer lugar!

Aí embaixo você confere fotos de detalhes e um vídeo-teaser para ver a grandona em movimento!

Notícias relacionadas

Ducati XDiavel ganha nova versão na Itália

Royal Enfield Classic 500 volta ao mercado

Triumph Speed Twin ganha linha 2021 na Inglaterra

Kymco lança scooter com pegada "aventureira"

Nova geração da Honda Transalp está a caminho?

Triumph lança sistema de navegação

Com novas cores e grafismos, Yamaha MT-07 2022 já está à venda

Harley-Davidson tira dúvidas sobre moto, pilotagem e equipamentos de segurança

Yamaha lança a esportiva R7 na Europa. Será que vem para o Brasil?

Triumph cria modelo especial da Thruxton 1.200 RS para evento anual

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados