Notícias

Com a nova carenagem o modelo ganhou, segundo a Yamaha, até 8 km/h a mais de velocidade final

Mercado

Yamaha R3 2020 fica mais esportiva e custa a partir de R$ 23.990

Nova geração tem carenagens mais aerodinâmicas, suspensão invertida e painel totalmente digital


Ícaro Beldani

Infomoto

07/08/2019 11h52

Com mudanças profundas e atualizações importantes, a nova Yamaha YZF-R3 acaba de desembarcar no Brasil. Uma das principais atrações da marca durante o EICMA 2019, o Salão de motos de Milão, que aconteceu na Itália, em novembro passado, a pequena esportiva foi praticamente toda revista pelos engenheiros da marca. O preço parte de R$ 23.990.

A começar pela carenagem que foi totalmente renovada para melhorar a aerodinâmica da moto que leva inspirações da família R, como as susperesportivas YZF-R6 e YZF-R1. De acordo com a Yamaha, toda a roupagem foi desenvolvida com alta tecnologia em túnel de vento. O pára-brisa, inteiramente redesenhado, está mais arrojado e promete diminuir a turbulência ao redor da área do capacete de quem a pilota.

O resultado de todas essas mudanças foi o ganho de até 8 km/h na velocidade final da nova R3 em relação à geração anterior. A nova altura do tanque de combustível também coopera para o incremento, já que foi reduzida em 20 mm, permitindo que o piloto consiga baixar mais o tronco, reduzindo a resistência e o arrasto do vento. Ele permanece com capacidade de 14 litros.

As novas carenagens, de fato, levam a R3 para mais perto das irmãs maiores, e sugerem bons momentos na pista - além da sua já conhecida habilidade entre os carros, nas ruas. Pensando nos pilotos de fim de semana, a Yamaha também mudou o duto de ventilação para o radiador, alterando a entrada de ar e melhorando o arrefecimento do motor.

A mesa superior também foi redesenhada e agora apresenta visual similar ao da R1. O modelo traz painel 100% digital com novo layout, mais limpo, e com leitura fácil. O mostrador tem indicador de combustível, marchas, conta-giros, indicador de consumo instantâneo e médio, hodômetro total e dois parciais, relógio, indicador de troca de óleo e temperatura do líquido de arrefecimento.

Por fim, todo o sistema de iluminação foi alterado. E a nova Yamaha YZF-R3 sai de fábrica com faróis de LED.

Na parte ciclística, destaque para a nova suspensão invertida na dianteira, com 130 mm de curso. Embora não ofereça ajustes, o funcionamento das suspensões invertidas (upside-down) é mais apropriado para a pilotagem esportiva, principalmente em pista.

O motor bicilíndrico foi mantido sem alterações e continua com 321 cc e seus bons 42 cv e 3 kgfm de torque. O câmbio tem seis velocidades.

A nova YZR-R3 estará disponível na rede de concessionárias Yamaha nesta primeira semana de agosto e terá três opções de cores. O vermelho fosco metálico (Red Velvet), o azul metálico (Racing Blue) e a Monster Energy MotoGP Edition, combinação do preto metálico com o azul brilhante, que remete à equipe da marca no Mundial de Motovelocidade.

Para as versões vermelho e azul, o preço público sugerido será de R$ 23.990, enquanto para a Monster Energy MotoGP Edition, R$ 24.490 (ambas sem frete). Todas as versões da nova R3 contam com quatro anos de garantia.

Notícias relacionadas

Ducati Diavel 1260 tem conforto de moto custom com desempenho de esportiva

Conheça a moto Yamaha de três rodas que deve vir ao Brasil

Suzuki mostra nova versão mais aventureira da 'antiga' V-Strom no Salão

Novas Royal Enfield de 650 cc chegam em janeiro; preço parte de R$ 24.990

Avaliação: nova Honda CB 650R fica mais esportiva e moderna

Triumph apresenta nova Rocket 3 R, a moto com maior motor do mundo

Salão Duas Rodas começa na terça (19); veja como visitar e as atrações

Honda mostra edições especiais e conceitos em prévia do Salão Duas Rodas

Ducati Streetfighter V4 é eleita a moto mais bonita do Salão de Milão 2019

5 motos do Salão de Milão que vêm ao Brasil

Mototour - Seu portal em duas rodas, Motos, Encontros de Motociclistas, Moto Clube e muito mais...

Todos os Direitos Reservados

Tempo de carregamento da página: 0.08899 segundos